Lia Paris no Tom Jazz (part. especial Samuel Rosa): saiba como foi!

Essa dupla, viu!!! #liaparis #samuelrosa

Uma foto publicada por Skankarados Fã-Clube (@skankarados) em

É isso mesmo! A gente também tava lá!

Só dá pra dizer que foi muito legal, gente!

O novo disco da Lia Paris conta com 13 faixas, todas executadas durante as quase duas horas de apresentação no Tom Jazz, na noite da última quinta-feira. A cantora, que passou por um aperto um dia antes do show e iniciou a apresentação quase sem voz, foi sentindo a energia do público, que lotou a casa para vê-la e aquecendo sua voz, para o lançamento das canções de um ano e meio de trabalho, o primeiro álbum da moça.

Lia Paris Além de “Azul e Flores”“Sua Constelação” “Wild Boy”, já conhecidas de quem acompanhou o primeiro EP da cantora, Lia apresentou as outras 10 faixas que compõem o álbum, misturando muito pop e rock com letras extremamente pessoais e autobiográficas, como ela mesma contou durante a apresentação. Destaque para “Tempo”, um ska maravilhoso com um ritmo muito zen, perfeito para a poderosa voz de Lia, “A Estrada”, composta para um ex-noivo que só se casaria com a cantora se ela deixasse a carreira musical (obrigada, muito obrigada mesmo por não ter aceitado o pedido!) e “Foguete”, com Samuel Rosa, o convidado especial da noite que reclamou, em seu tom brincalhão: “Da próxima vez, a melhor música vai para o álbum do Skank!” (em uma referência à “Aniversário”, também composta pela dupla e que foi para o Velocia.

Lia Paris

A participação de Samuel aliás, deu um toque de amizade e de cumplicidade à festa. Chamado já no final da apresentação, o vocalista e guitarrista do Skank se apresentou totalmente integrado à banda e à própria Lia. Juntos eles tocaram “Aniversário” do Velociae para delírio dos fãs de Skank que foram prestigiar a apresentação “Balada do Amor Inabalável”, primeira música que Lia e Samuel tocaram juntos, além das músicas que compuseram juntos, e “As Noites”, num momento raríssimo, já que a canção é do Cosmotron e há pelo menos 10 anos não aparece mais nos shows da banda. “Foguete”, apresentada pela primeira vez ao vivo, ganhou o público que já estava cantando, com Samuel e Lia, a partir do segundo refrão. 

Lia Paris e Samuel RosaA pergunta que não quer calar agora é: QUANDO É O PRÓXIMO?

Abraços e beijos,

Equipe FC Skankarados

Maio 8, 2015

Etiquetas:,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *