As Músicas do Velocia – Do Mesmo Jeito

Velocia_Skank

A terceira canção do Velocia foi a primeira que tem uma parceria inesperada. Foi composta por Lucas Silveira, vocalista da Fresno e você confere mais detalhes dessa história aqui. Para a análise da música, as fãs Regiane Avelar e Rakky Curvelo se candidataram para a missão. Confira o que elas acham da música.

Regiane Avelar

Então, sabe aquela história de amor, que começa com um carinha, que se interessa por uma garota e larga tudo para viver uma nova vida a dois com ela?! Pois é, isso não deu certo!

Na verdade esse cara até tentou. Mas ele falhou, por que a valsa a dois é um espetáculo que nem todos estão preparados para estrear e fazer uma longa temporada em cartaz.

No início, realmente, houve aquele frisson, aquela vontade incontrolavél que gela as mãos e esquenta o coração, vontade pela qual conta-se as horas, os minutos e os segundos (e eles nunca passam). Contudo, isso foi passageiro. E passou!!!

E dai, você pensa assim: já que ele falhou, ele se arrependeu, né?! Para tudo! Isso, apenas, se o “sol se esquecer de nascer” pra rolar aquela “deprê” e ele ficar “em casa todo dia” com o singelo intuito de “proteger” você de um “coração que só quer folia”.

Em outras palavras, aquele ser que dispôs a escolher você “pra encher a casa vazia” estava apenas tentando encenar uma participação naquela valsa da qual não pertece. Por que na essência, esse cara não é deste jeito. E se ele pudesse voltar no tempo, “jamais mudaria um só momento”. 

“Então vá… É tudo que eu posso pedir….”

De qualquer forma, se você resolver mudar de ideia, e aceitá-lo de volta, saiba que ele estará lá: “do mesmo jeito, que você deixou”, ou melhor, do mesmo jeito pelo qual você o deixou! 

#FicaDica

Rakky Curvelo

Quando você ouve aqueles metais precisos entrando nos primeiros segundos da música, já dá pra saber: é um clássico do Skank que tá começando. As inserções eletrônicas, a marcação da bateria e até o som indiano do que parece ser uma cítara aparecem, timidamente, enquanto a poderosa letra de Lucas Silveira, uma surpresa tão positiva quanto um bolo de aniversário, é cantada por Samuel.

A música conta a história de um casal que se desentende várias vezes, mas que no fundo se quer bem, ainda que jamais consiga acertar os ponteiros (aqueles, entortados com a mão…). A certeza do amor correspondido é que leva a história pra frente, no meio de uma confusão e outra dessa “valsa estranha”. Mas a certeza, maior que a do nascer do dia, da entrega e da espera e de que é esse o amor que vai “encher a casa vazia” norteiam toda a relação, numa música que como a Jujuba já disse, dá vontade de sair correndo e abraçar todo mundo pela rua. É reggae, é pop, é dançante, é quase um novo hit que poderia ser do Jorge Ben ou do Tim Maia, mas que tem a sofisticação e a simplicidade do Skank. 

Do Mesmo Jeito – Skank 

Falhei quando tentei dançar a dois
A valsa estranha dos meus dias
Senti o fogo arder para depois
Deixar as minhas mãos mais frias

Entortei os ponteiros com a mão
Pra ver estremecer o tempo
Por um segundo eu tive a sensação
Até ela me escapar com o vento

Mas se eu pudesse voltar no tempo
Jamais mudaria um só momento
Então vai, é tudo o que eu posso pedir
Olhe pra trás, eu ainda estarei aqui

Do mesmo jeito (do mesmo jeito!)
Que você deixou
Vou te esperar
Mais certo que o nascer do dia
Só pra dizer (só pra dizer)
Que não acabou
Quero você
Pra encher minha casa vazia

E se o sol se esquece de nascer
Eu ficarei em casa todo o dia
Quem sabe assim eu protejo você
Desse coração que só quer folia

Mas se eu pudesse voltar no tempo
Jamais mudaria um só momento
Então vai, é tudo o que eu posso pedir
Olhe pra trás, eu ainda estarei aqui

Do mesmo jeito (do mesmo jeito!)
Que você deixou
Vou te esperar
Mais certo que o nascer do dia
Só pra dizer (só pra dizer)
Que não acabou
Quero você
Pra encher minha casa vazia

Do mesmo jeito (do mesmo jeito!)
Que você deixou
Vou te esperar
Mais certo que o nascer do dia
Só pra dizer (só pra dizer)
Que não acabou
Quero você
Pra encher minha casa vazia

Abraços e beijos,

Equipe Skankarados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *