Henrique Portugal defende liberdade do torcedor nos estádios

Eu tenho óculos, vão me chamar de “quatro olhos”. Pelo texto, se alguém xingar um jogador de “quatro olho” é punível – disse Henrique. 

henrique

Como a gente já sabe, o Henrique Portugal além de tecladista do Skank, produtor musical e DJ nas horas vagas (com o projeto Clinton que você conheceu aqui) ainda escreve semanalmente sobre esporte, é cruzeirense fanático e até já publicou um livro sobre o tema.

Em entrevista ao SporTV sobre a punição sofrida pelo Grêmio por causa de atos racistas cometidos por seus torcedores, Henrique defendeu a punição e fiscalização, mas também se mostrou a favor da liberdade do torcedor dentro do estádio.

Não podemos levar tudo a terra e fogo. Teve um torcedor dizendo que ia no jogo do Cruzeiro para xingar e o clube ser punido. Acho que está tendo um momento de exagero e reflexão, mas não pode ser ferro e fogo. Vão dizer “Rogério Ceni, você é lindo”? O torcedor tem que ter uma certa liberdade de se expressar dentro do estádio. Concordo que, quando vira coro, é exagero. Ainda mais com os estádios cheios de câmeras – disse.

Confira a entrevista completa aqui.

Abraços e beijos,

Equipe Skankarados

Setembro 20, 2014

Etiquetas:, , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *