#Calango15anos – E a espera foi recompensada

Gente, aqui vos fala uma fã ausente que volta à tona! Mil mudanças à vista, mas cá estou eu novamente!

E vim falar do #Calango15anos, um super trabalho dos nossos meninos de BH, que trouxe novamente o reggae para os corações daqueles fãs aflitos que sempre reclamavam nos shows. Sim, sim, aquela galerona toda que grita “Garota Nacional”, “Jackye Tequila”, “Pacato Cidadão” enquanto os meninos estão no palco tocando “Noites de um verão qualquer”, “Uma Canção é Pra Isso” ou “Até o amor virar poeira”, ou qualquer outra música que não seja tão dance-hall quanto o início da carreira dos meninos era.

Sim, você, fã de carteirinha dos primeiros trabalhos da banda, poderá curtir novamente os mais incríveis sucessos do Calango e suas versões remix, novidades incríveis, com nova masterização, novo projeto gráfico, nova direção artística, além de ouvir os meninos cantando em espanhol e acompanhar as versões demo de músicas consagradas em nossos corações, como “Te Ver”, “Jackye Tequila”, “Estivador” e “O Beijo e a Reza”. Mas, muito mais que tudo isso, todos podemos notar claramente o Skank voltando às raízes.Isso porque, em 2010, além de estourarem com tudo com “Noites de Um Verão Qualquer”, do Estandarte, fazendo todo mundo dançar de novo, o Skank preparou o #Calango15anos e ainda incluiu em seu DVD, que será lançado no mês que vem, duas músicas que nos remetem à pegada reggae / dance-hall de antigamente: De Repente e Presença, cujas letras e áudios você acompanhou aqui também!

E sabem o que eu acho que tudo isso significa?

QUE VEM MUITO MAIS POR AÍ…

E então? Vamos esperar um pouquinho mais pelo DVD #SkanknoMineirão? E que tal fazer isso comentando o que você achou do #Calango15anos? Então, vamos lá! Mande sua opinião para o nosso twitter @skankarados. As três respostas mais bacanas darão uma entrevista para o nosso fã-clube, para reavivar o nosso espaço “Deixe que eu passeie minha loucura“, contando uma loucura bem bacana que você fã já fez pelo Skank!

Por Rakky

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *